A IMAGEM DOS POVOS INDÍGENAS NO LIVRO DIDÁTICO DE HISTÓRIA DO SEXTO ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL: DESAFIOS E POSSIBILIDADES PARA O CURRÍCULO ESCOLAR

Autores

Palavras-chave:

Imagem. Livro didático. Povos indígenas.

Resumo

Este artigo apresenta uma discussão e análise das imagens dos povos indígenas brasileiros presentes em um livro didático de História do sexto ano do ensino fundamental. Nesse sentido, apresenta-se a análise em uma perspectiva crítica e reflexiva. Relaciona-se, ao mesmo tempo, o entendimento de como os povos indígenas vêm sendo trabalhados nesse material didático em pleno século XXI de forma difusa. Mesmo com as políticas afirmativas (Leis 10.639/2003 e 11.645/2008), é primordial levar em consideração o tipo de formação histórica que nossos educandos estão tendo nas aulas de História e refletir sobre as questões atuais da sociedade brasileira, principalmente quando se refere aos povos que contribuíram e contribuem para nossa formação. Ao término do trabalho, compreende-se que, no contexto atual, essa discussão tem sido um desafio para a prática docente destacando o papel do livro didático, da formação docente e o contexto autoritário que vivemos pós-2016.

Referências

BARBALHO, José Ivanilson Silva. Breve esboço sobre o lugar da escola para os povos indígenas no Brasil. In: ALMEIDA, Luís Sávio de et al. (org.). Índios de Alagoas: memória, educação, sociedade. Maceió: Edufal, 2011.

BITTENCOURT, Circe Maria Fernandes. Documentos não escritos na sala de aula. In: BITTENCOURT, Circe Maria Fernandes. Ensino de História: fundamentos e métodos. 4. ed. São Paulo: Cortez, 2011. p. 360-375.

BITTENCOURT, Circe Maria Fernandes. Identidade nacional e ensino de História no Brasil. In: KARNAL, Leandro (org.). História na sala de aula: conceitos, práticas e propostas. 6. ed. São Paulo: Contexto, 2015. p. 185-204.

BITTENCOURT, Circe Maria Fernandes. Capitalismo e cidadania nas atuais propostas curriculares de História. In: BITTENCOURT, Circe Maria Fernandes (org.). O saber histórico na sala de aula. 12. ed. São Paulo: Contexto, 2017. p. 11-27.

BITTENCOURT, Circe Maria Fernandes. Reflexões sobre o ensino de História. Estudos Avançados, São Paulo, v. 32, n. 93, p. 127-149, maio/ago. 2018. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ea/v32n93/0103-4014-ea-32-93-0127.pdf. Acesso em: 14 maio 2019.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil: texto constitucional promulgado em 5 de outubro de 1988, com as alterações determinadas pelas Emendas Constitucionais de Revisão nos 1 a 6/94, pelas Emendas Constitucionais n.ºs 1/92 a 91/2016 e pelo Decreto Legislativo n.º 186/2008. Brasília: Senado Federal, 2016. Disponível em: https://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/518231/

CF88_Livro_EC91_2016.pdf. Acesso em: 20 jan. 2019.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: introdução aos parâmetros curriculares nacionais. Brasília: Ministério da Educação, SEF, 1997a. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/livro01.pdf. Acesso em 12 abr. 2020.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: história, geografia. Brasília: Ministério da Educação, SEB, 1997b. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/livro051.pdf. Acesso em: 16 jan. 2019.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: terceiro e quarto ciclos do ensino fundamental: história. Brasília, 1998. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/pcn_5a8_historia.pdf. Acesso em 10 abr. 2020.

BRASIL. Lei n.º 10.639, de 9 de janeiro de 2003. Altera a Lei n.º 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade da temática “História e Cultura Afro-Brasileira”, e dá outras providências. Diário Oficial da União: Brasília, DF, Seção 1, p. 1, 10 jan. 2003.

BRASIL. Lei n.º 11.645, de 11 de março de 2008. Estabelece as diretrizes e base da educação nacional, para incluir no currículo oficial o ensino da História das Culturas afro-brasileiras e

indígenas. Diário Oficial da União: Brasília, DF, Seção 1, p. 1, 11 mar. 2008. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2008/lei/111645.

htm. Acesso em: 4 mar. 2019.

BRASIL. Ministério da Educação. Base nacional comum curricular [2017]: educação é a base. Brasília, 2018. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/

index.php?option=com_docman&view=download&alias=79611-anexo-texto-bncc-aprovado-em-15-12-17-pdf&category_slug=dezembro-2017-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 22 jan. 2019.

BRAZÃO, Diogo Alchorne. A BNCC como um território de disputas de poder: as permanências e rupturas do pensamento eurocêntrico no componente curricular de História da Base Nacional Comum Curricular. In: SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA: CONTRA OS PRECONCEITOS: HISTÓRIA E DEMOCRACIA, 29., 2017, Brasília. Anais [...]. Brasília: UnB, 2017. Disponível em: https://www.snh2017.anpuh.org/resources

/anais/54/1502851740_ARQUIVO_BNCCcomoterritoriodedisputas-DiogoBrazao-ANPUH.pdf. Acesso em: 5 mar. 2019.

CELLARD, André. A análise documental. In: POUPART, Jean et al. (org.). A pesquisa qualitativa: enfoques epistemológicos e metodológicos. Tradução de Ana Cristina Nasser. 3. ed. Petrópolis: Vozes, 2012. p. 295-316.

CORRÊA, Adriana; MORGADO, José Carlos. A construção da Base Nacional Comum Curricular no Brasil: tensões e desafios. In: COLÓQUIO LUSO-BRASILEIRO DE EDUCAÇÃO (COLBEDUCA), 4., 2018, Braga. Anais [...]. Disponível em: http://www.revistas.udesc.br/index.php/colbeduca/article/view/12979/8307. Acesso em: 5 mar. 2019.

COTRIM, Gilberto; RODRIGUES, Jaime. História: ensino fundamental. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2015.

FONSECA, Selva Guimarães. Didática e prática de ensino de História: experiências, reflexões e aprendizados. Campinas: Papirus, 2003.

FONSECA, Thais Nivia de Lima. História & Ensino de História. Belo Horizonte: Autêntica, 2006.

FOUCAULT, Michel. A arqueologia do saber. Tradução de Luiz Felipe Baeta Neves. 7. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2008. (Campo Teórico). Disponível em:

http://www.uesb.br/eventos/pensarcomveyne/arquivos/FOUCAULT.pdf. Acesso em: 20 mar. de 2019.

FOUCAULT, Michel. Dois ensaios sobre o sujeito e o poder. 16 dez. 2009. Disponível em: michel-foucault.weebly.com/uploads/1/3/2/1/13213792/sujeitopoder.pdf. Acesso em: 7 jan. 2018. Tradução parcial de Deux essais sur le sujet et le pouvoir. In: FREYFUS, Hubert; RABINOW, Paul; FOUCAULT, Michel. Un parcours philosophique. Paris: Gallimard, 1984, p. 297-321.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 9. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1981.

GROULX, Lionel-Henri. Contribuição da pesquisa qualitativa à pesquisa social. In: POUPART, Jean et al. (org.). A pesquisa qualitativa: enfoques epistemológicos e metodológicos. Tradução de Ana Cristina Nasser. 3. ed. Petrópolis: Vozes, 2012. p. 95-126.

HOLANDA, Sérgio Buarque de. Introdução às memórias de Thomas Davatz. In: DIAS, Maria Odila Leite da Silva (org.). Sérgio Buarque de Holanda. São Paulo: Ática, 1985. p. 173-174. (Coleção Grandes Cientistas Sociais, n. 51).

LUCIANO, Gersem dos Santos. O índio brasileiro: o que você precisa saber sobre os povos indígenas no Brasil de hoje. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade; Laced/Museu Nacional, 2006.

MORENO, Jean Carlos. História na Base Nacional Comum Curricular: déjà vu e novos dilemas no século XXI. História & Ensino, Londrina, v. 22, n. 1, p. 7-27, jan./jun. 2016. Disponível em: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/histensino/article/view/ 26158/19188. Acesso em: 21 jan. 2019.

PESAVENTO, Sandra Jathay. História & história cultural. 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2005.

Downloads

Publicado

2022-04-07

Como Citar

da Silva, C. G., de Amorim, R. M. ., & Vieira Pizzi, L. C. . (2022). A IMAGEM DOS POVOS INDÍGENAS NO LIVRO DIDÁTICO DE HISTÓRIA DO SEXTO ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL: DESAFIOS E POSSIBILIDADES PARA O CURRÍCULO ESCOLAR. Linguagens, Educação E Sociedade, (48). Recuperado de https://periodicos.ufpi.br/index.php/lingedusoc/article/view/2451

Edição

Seção

Artigos