CURRÍCULO ESCOLAR E PRÁTICAS DOCENTES NA PERSPECTIVA DAS IDENTIDADES/DIFERENÇAS EM UMA ESCOLA PÚBLICA AMAZÔNICA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26694/rles.v28i56.3970

Palavras-chave:

Currículo escolar, Planejamento Escolar, Identidades, Diferenças

Resumo

O presente artigo discute as percepções de docentes de uma escola pública amazônica a respeito das identidades/diferenças culturais entrelaçadas ao desenvolvimento profissional. Toma-se como principal referência o campo teórico dos Estudos Culturais (Hall, 1997; 2015) e sua articulação com a educação (Candau 2008; 2012; Fleuri, 2000), com foco na formação de professores, considerando-se o conceito de desenvolvimento profissional (Novoa, 2009; Tardif, 2012). Os procedimentos metodológicos da pesquisa se baseiam nos pressupostos da bricolagem (Kincheloe; Berry; 2007; Nelson; Treichler; Grassberg, 2013), articulando entrevistas semiestruturadas, grupos de discussão on-line, além de análise documental. A análise dos dados, em especial aqueles emergidos por meio das narrativas dos/as professores/as, aponta práticas educativas que reforçam a invisibilidade e/ou silenciamento das diferentes culturas e identidades consideradas “inferiores” e/ou “sem cultura”, indicando, portanto, a necessidade do desenvolvimento profissional docente com abordagem para as temáticas das identidades/diferenças, a fim de contribuir para a ressignificação de práticas educativas voltadas para a educação intercultural.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Noé Cardoso da Silva, Universidade Federal de Rondônia

Doutorando no Programa de Pós-Graduação Mestrado e Doutorado Profissional em Educação Escolar (PPGEE)  da Universidade Federal de Rondônia (UNIR). Professor da Rede Municipal de Educação (SEMED) de Porto Velho-RO, Brasil, atualmente lotado na Escola Municipal de Ensino Fundamental Pé de Murici, exercendo a função de vice-diretor. Porto Velho, Rondônia, Brasil.  E-mail: noe.cardoso@gmail.com.

Genivaldo Frois Scaramuzza, Fundação Universidade Federal de Rondônia - UNIR

Doutor em Educação pela Universidade Católica Dom Bosco (UCDB). Mestre em Geografia pela Universidade Federal de Rondônia (UNIR).  Graduado em Pedagogia (UNIR). Graduado em Filosofia pela Centro Universitário Leonardo Da Vinci. Especialista em Gestão, Supervisão e Orientação Escolar pela Faculdade da Amazônia (FAMA).  Professor da Universidade Federal de Rondônia (UNIR). Atua no Curso de Licenciatura em Educação Básica Intercultural e no Programa de Pós-Graduação Mestrado e Doutorado Profissional em Educação Escolar - PPGEEProf. (UNIR). 

Referências

ANDRÉ, M. Formação de professores: a constituição de um campo de estudos. Educação, Porto Alegre, v. 33, n. 3, p. 174-181, set./dez. 2010.

CANDAU, V. M. F. Diferenças culturais, interculturalidade e educação em direitos humanos. Educ. Soc., Campinas, v. 33, n. 118, p. 235-250, jan-mar. 2012.

CANDAU, V. M. F. Direitos humanos, educação e interculturalidade: as tensões entre igualdade e diferença. Revista Brasileira de Educação, v.13, nº37 jan/abr. 2008.

CANDAU, V. M. F. Educação, cotidiano escolar e cultura (s): uma aproximação. Educação & Sociedade, ano XXIII, nº 79. Rio de Janeiro, agosto/2002.

CANDAU, V. M. F. Diferenças culturais, cotidiano escolar e práticas pedagógicas. Currículo sem Fronteiras, v. 11, n. 2, p. 240-255, 2011.

CANDAU, V. M. F. “Ideias-força” do pensamento de Boaventura Sousa Santos e a educação intercultural. Educação em Revista, Belo Horizonte, v. 32, n.01, p. 15-34, jan./mar. 2016.

FERNANDES, J. R. O. Ensino de história e diversidade cultural: desafios e possibilidades. Cadernos Cedes, Campinas, v. 25, n. 67, p. 378-388, set./dez. 2005.

FLEURI, R. M. Multiculturalismo e interculturalismo nos processos educacionais. In: CANDAU, Vera M. (Org.). Ensinar e aprender: sujeitos, saberes e pesquisa. Rio de Janeiro: DP&A, 2000. p. 67-81.

FLEURI, R. M. (Org.). Intercultura: estudos emergentes. Ijuí, RS: Unijuí, 2002.

GONÇALVES, N. Estudos culturais e currículo multicultural: contribuições para a reflexão do currículo na escola. Lecturas Educación Física y Deportes, v. 15, p. 1-3, 2010.

HALL, S. Identidades culturais na pós-modernidade. Rio de Janeiro: DP&A, 1997.

HALL, S. A identidade cultural na pós-modernidade. Trad. Tomaz Tadeu da Silva e Guacira Lopes Louro. 14. ed. Rio de Janeiro: Lamparina, 2015.

HERDEIRO, R.; Silva, A. M. (2011). Desenvolvimento profissional docente: contextos e oportunidades de aprendizagem na escola. In: LOZANO, A. B. et al (Orgs.). Libro de Actas do XI Congreso Internacional Galego-Português de Psicopedagogia. Coruña: Facultad de Ciências da Educación, p. 2717-2728.

IMBERNÓN, F. Formação continuada de professores. Porto Alegre: Artmed, 2010.

LÜDKE, M.; ANDRÉ, M. E. D. A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 1986.

MACEDO, E. Currículo: política, cultura e poder. Currículo sem fronteiras, 2006, 6.2: 98-113.

MEINERZ, C. B. Grupos de discussão: uma opção metodológica na pesquisa em educação. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 36, n. 2, p. 485-504, maio/ago. 2011.

MOREIRA, A. F. B.; SILVA, T.T. Currículo, cultura e sociedade. 8. ed. São Paulo: Cortez, 2005.

MOREIRA, A. F.; SILVA, T. T. (Org). Currículo, cultura e sociedade. São Paulo: Cortez, 1994.

MOREIRA, A. F. B. Currículo, diferença cultural e diálogo. Educação & Sociedade, ano XXIII, n. 79, agosto, 2002.

NELSON, C.; TREICHLER, P. A.; GRASSBERG, L. Estudos culturais: uma introdução. In: SILVA, T. T. da (Org.). Alienígenas na sala de aula: uma introdução aos estudos culturais em educação. Petrópolis, RJ: Vozes, 2013.

NÓVOA, A. Professores: imagens do futuro presente. Lisboa: Educa. 2009.

OLIVEIRA, R. M. de. Currículo escolar: um conjunto de conhecimentos para a concretização de objetivos educacionais. Núcleo do Conhecimento. Edição 8. Ano 02, vol. 05. p.p. 52-73, novembro de 2017.

OLIVEIRA, Z. M. F. de. Currículo: um instrumento educacional, social e cultural. Diálogo Educacional (PUCPR), v. 8, p. 535-548, 2008.

PARAÍSO, M. A. Diferença no currículo. Caderno de Pesquisa, v. 40, nº 140, p. 587-604, maio/ago., 2010.

KINCHELOE, J. L.; BERRY, K. S. Pesquisa em educação: conceituando a bricolagem. Porto Alegre: Artmed, 2007.

REIS, D. A. dos. Currículo intercultural crítico na escola: formação que produz diferenças. Teias, Rio de Janeiro, v. 18, n. 50, p. 135-150, jul. 2017.

RODRIGUES, C. S. D.; THERRIEN, J.; FALCÃO, G. M. B.; GRANGEIRO, M. F. Pesquisa em educação e bricolagem científica: rigor, multirreferencialidade e interdisciplinaridade. Caderno de Pesquisa, v. 46, n. 162, p. 966-982, out./dez. 2016.

SANTOMÉ, J. T. A educação em tempos de neoliberalismo. Trad. Cláudia Schilling. Porto Alegre: Artmed, 2003.

SANTOMÉ, J. T. As culturas negadas e silenciadas no currículo. In: SILVA, T. T. da (Org.). Alienígenas na sala de aula: uma introdução aos estudos culturais em educação. Petrópolis, RJ: Vozes, 2013.

SERPA, A. Cultura escolar em movimento: diálogos possíveis. Rio de Janeiro: Rovelle, 2011.

SILVEIRA, R. M. H. A entrevista na pesquisa em educação – uma arena de significados. In: COSTA, M. V. Caminhos Investigativos II: outros modos de pensar e fazer pesquisa em educação. 2. ed. Rio de Janeiro: Lamparina, 2007.

SILVA, T. T. da. Currículo e identidade social: Território contestados. In: SILVA, T. T. da (Org.). Alienígenas na sala de aula: uma introdução aos estudos culturais em educação. Petrópolis: Vozes, 2013.

SILVA, V. A. da; REBOLO, F. A educação intercultural e os desafios para a escola e para o professor. Interações, Campo Grande, MS, v. 18, n. 1, p. 179-190, jan./mar. 2017.

SOUZA, M. I. P.; FLEURI, R. M. Educação intercultural mediações necessárias. In: FLEURI, R. M. (Org.). Entre limites e liminares de culturas: educação na perspectiva intercultural. Rio de Janeiro: DP&A, 2003.

SOUSA, R. R. de; ALMEIDA, S. do C. D. de. Currículo e diversidade cultural: origem de conflitos no ambiente escolar. Mutações [S. l.], v. 5, n. 8, 2014. Disponível em: //periodicos.ufam.edu.br/index.php/relem/article/view/717. Acesso em: 13 fev. 2024.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. 14. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2012.

WALSH, C. Interculturalidade crítica e pedagogia decolonial: in-surgir, re-existir e reviver. In: CANDAU, V. M. (Org.). Educação intercultural na América Latina: entre concepções, tensões e propostas. Rio de Janeiro: 7 letras, 2009, p. 12-42.

Downloads

Publicado

2024-01-17

Como Citar

Silva, N. C. da, & Scaramuzza, G. F. (2024). CURRÍCULO ESCOLAR E PRÁTICAS DOCENTES NA PERSPECTIVA DAS IDENTIDADES/DIFERENÇAS EM UMA ESCOLA PÚBLICA AMAZÔNICA. Linguagens, Educação E Sociedade, 28(56). https://doi.org/10.26694/rles.v28i56.3970