O DESENVOLVIMENTO DE HABILIDADES DE LEITURA DO GÊNERO NOTÍCIA EM SALA DE RECURSOS MULTIFUNCIONAIS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26694/les.v0i43.9329

Palavras-chave:

Habilidades de leitura, Gênero notícia, Sala de Recursos Multifuncionais

Resumo

Neste artigo, que se constitui a partir de uma interface entre Linguística Aplicada e Educação Especial, discutem-se as práticas de ensino das habilidades de leitura do gênero discursivo/textual notícia, de um jornal impresso, a um aluno com necessidades especiais, no contexto de Sala de Recursos Multifuncionais (SRM), com o intuito de compreender como a apropriação dessas habilidades se constitui nesse contexto. A pesquisa fundamentou-se nos postulados dialógicos de linguagem, a partir do Círculo de Bakhtin, e dos pressupostos da pesquisa-ação. Os resultados demonstraram que os conhecimentos sobre o gênero notícia, mobilizados em favor do desenvolvimento das habilidades de leitura, em um trabalho direcionado e planejado, ofereceram desafios cognitivos ao estudante com necessidades educacionais especiais e propiciaram-lhe avanços no domínio da leitura, essencial para que ele responda às demandas da escola e da sociedade. 

Biografia do Autor

CRISTIANE MALINOSKI PIANARO ANGELO, Universidade Estadual de Maringá

Doutora em Letras pela Universidade Estadual de Maringá. Professor do Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Estadual do Centro-Oeste. 

RENILSON JOSÉ MENEGASSI, Universidade Estadual de Maringá

Doutor em Letras. Professor do Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Estadual de Maringá. 

Referências

AMERICAN PSYCHIATRIC ASSOCIATION. Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders, Fifth Edition (DSM-V). Arlington, VA: American Psychiatric Association, 2013.

AUADA, V. G. C. Apropriação de conceitos científicos e processo de letramento em jovens e adultos com deficiência intelectual. 2015. 169 f. Dissertação (Mestrado em

Educação). Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2015.

AUADA, V. G. C.; SHIMAZAKI, E. M.; MORI, N. N. R.; MENEGASSI, R. J. Gêneros textuais no livro didático: desafios para o letramento e reflexões sobre deficiência intelectual. In: OLIVEIRA, A. A. S.; FONSECA, K. A.; REIS, M. R. (orgs.). Formação de professores e práticas educacionais inclusivas. Curitiba: CRV, 2018, p. 153-170.

BAKHTIN, M. M. Estética da criação verbal. Tradução do russo por Paulo Bezerra. 4.ed. São Paulo: Martins Fontes, 2003 [1979].

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, DF, 2017. Disponível em: <http://basenacionalcomum.mec.gov.br/wp-content/uploads/2018/02/bncc-20dez-site.pdf>. Acesso em: 12 fev. 2018.

______. Parâmetros Curriculares Nacionais de Língua Portuguesa. Terceiro e quarto ciclos do Ensino Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1998.

______. Presidência da República. Lei nº 12.764, de 27 de dezembro de 2012. Institui a Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista e altera o § 3o do art. 98 da Lei no 8.112, de 11 de dezembro de 1990. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2012/lei/l12764.htm> Acesso em 08 de jun. 2019.

COSTA-HÜBES, T. da C. Práticas de análise linguística no ensino fundamental e sua relação com os gêneros discursivos. PERcursos Linguísticos, Vitória (ES), v. 7, n. 14, p. 270-294, 2017.

FERRARI, M. H.; SODRÉ, M. Técnica de reportagem: notas sobre a narrativa jornalística. São Paulo: Summus, 1986.

FIGUEIREDO, R. V. de; GOMES, A. L. L. A emergência da leitura e da escrita em alunos com deficiência mental. In: GOMES, A. L. L. et. al. Atendimento educacional especializado: deficiência mental. Brasília, DF: SEESP/SEED/MEC, 2007.

MARCUSCHI, L. A. A questão do suporte dos gêneros textuais. Língua, lingüística e literatura, João Pessoa, v. 1, n.1, p. 9-40, 2003.

MENEGASSI, R. J. O leitor e o processo de leitura. In: GRECO, E. A.; GUIMARÃES, T. B. (Orgs.) Leitura: aspectos teóricos e práticos. Maringá: Eduem, 2010. p. 35-59.

PARANÁ, SEED. Instrução Nº 09/2018 – SUED/SEED Estabelece critérios para o Atendimento Educacional Especializado por meio da Sala de Recursos Multifuncionais. Curitiba: 2018. Disponível em: http://www.educacao.pr.gov.br/arquivos/File/instrucoes/2018/instrucao_092018.pdf. Acesso: 21 set. 2018.

RODRIGUES, R. H. Os gêneros do discurso na perspectiva dialógica da linguagem: a abordagem de Bakhtin. In: MEURER, J. et al. Gêneros: teorias, métodos, debates. São Paulo:Parábola, 2005.

ROJO, R. H. R. Letramento e capacidades de leitura para a cidadania. São Paulo: Rede do Saber/CENP-SEE-SP, 2004.

SHIMAZAKI, E. M. Letramento em jovens e adultos com deficiência mental. 2006. 188 f. Tese (Doutorado em Educação). Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006.

SHIMAZAKI, E. M.; AUADA, V. G. C.; MENEGASSI, R. J.; MORI, N. N. R. O trabalho com o gênero textual história em quadrinhos com alunos que possuem deficiência intelectual. Revista Brasileira de Educação Especial, Marília, v. 24, n. 1, p. 121-142, Jan-Mar, 2018.

TRIPP, D. Pesquisa-ação: uma introdução metodológica. Educação e pesquisa, v. 31, n. 3, p. 443-466, 2005. Disponível em https://doi.org/10.1590/S1517-97022005000300009. Acesso em 20 out. 2018.

VOLOCHÍNOV, V. N. A construção da enunciação e outros ensaios. São Carlos: Pedro & João Editores, 2013.

Downloads

Publicado

2019-11-29

Como Citar

PIANARO ANGELO, C. M. ., & MENEGASSI, R. J. . (2019). O DESENVOLVIMENTO DE HABILIDADES DE LEITURA DO GÊNERO NOTÍCIA EM SALA DE RECURSOS MULTIFUNCIONAIS. Linguagens, Educação E Sociedade, (43), 333-352. https://doi.org/10.26694/les.v0i43.9329

Edição

Seção

Artigos