Health service clinical information system after kidney transplantation, from the perspective of users and professionals

Autores

  • Bianca Pozza dos Santos Faculdade de Enfermagem da UFPel
  • Elaine Amaral de Paula Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais
  • Eda Schwartz Faculdade de Enfermagem da UFPel

DOI:

https://doi.org/10.26694/reufpi.v10i1.878

Palavras-chave:

Insuficiência Renal Crônica, Transplante de Rim, Sistemas de Informação

Resumo

Objetivo: analisar a organização, o registro e o armazenamento dos dados clínicos das pessoas após o transplante renal nos serviços de saúde. Métodos: estudo qualitativo realizado entre o primeiro e o segundo semestre de 2016, com transplantados renais, profissionais e gestores, totalizando 30 participantes. Os dados coletados foram entrevistas individuais gravadas em áudio, transcritas em meio digital e organizados no software Etnography, para serem analisadas a partir de uma análise de conteúdo dirigida. Resultados: os participantes explicaram os tipos existentes de prontuários, que depois da realização do transplante renal são arquivados pelo serviço de nefrologia onde a pessoa realizava o tratamento dialítico. Porém, em casos de retorno à diálise pela falência do órgão transplantado, participantes referiram a organização do serviço para o registro de informações sobre o atendimento. Já no centro transplantador, os participantes mencionaram como ocorrem os registros das intercorrências no estado de saúde, dos resultados de exames laboratoriais e das orientações transmitidas. Conclusão: a utilização de ferramentas e de instrumentos na organização, no registro e no armazenamento dos dados clínicos, durante a assistência à pessoa, auxilia os profissionais da saúde na tomada de decisão sobre o cuidado a ser prestado e facilita a troca de informações, proporcionando qualidade...

Publicado

2021-06-29

Como Citar

Pozza dos Santos, B., Amaral de Paula, E., & Schwartz, E. (2021). Health service clinical information system after kidney transplantation, from the perspective of users and professionals. Rev Enferm UFPI, 10(1). https://doi.org/10.26694/reufpi.v10i1.878

Edição

Seção

Original