Management of nursing education in theoretical-practical activities: reflections in the context of the pandemic

Autores

  • Thais de Fátima Aleixo Correa Universidade Federal do Pará
  • Victoria Malcher Silva Fontes Universidade Federal do Pará
  • Kely da Silva Barros Universidade Federal do Pará
  • Michele Monteiro Sousa Universidade Federal do Pará
  • Lucianne do Socorro Nascimento de Araújo
  • Jouhanna do Carmo Menegaz Universidade do Estado de Santa Catarina.

DOI:

https://doi.org/10.26694/reufpi.v11i1.953

Palavras-chave:

Educação em enfermagem, Pandemias, Enfermagem, Coronavírus, Organização e Administração

Resumo

Objetivo: refletir sobre a meso e a microgestão do ensino de enfermagem para o desenvolvimento de atividades teórico-práticas e estágios supervisionados no contexto da pandemia de COVID-19. Métodos: trata-se de um artigo de cunho reflexivo, sobre o tema da gestão de ensino na enfermagem e suas adaptações frente às atividades teórico-práticas e estágios supervisionados durante a pandemia. Resultados: as adaptações e ações realizadas na meso e microgestão do ensino neste cenário foram cruciais para o âmbito da educação em enfermagem, considerando os principais aspectos modificados nesse contexto, sendo a criação de estruturas para o trabalho remoto, a utilização de atividades de pesquisa para contribuir na compreensão sobre a COVID-19, a pausa e os preparos a mais envolvidos nas atividades práticas. Para isso, os atores dessa gestão enfrentaram desafios como: insegurança ao retorno das atividades presenciais; necessidade de novas competências e habilidades; sobrecarga de serviço dos docentes; e exigência de autonomia dos discentes. Identificou-se que a pandemia afetou a aprendizagem prática dos discentes e deixou uma visão limitada sobre como se dará a condução das lacunas causadas por esse cenário.  Conclusão: apesar dos esforços dos gestores até o momento, compreende-se que esse é um processo inacabado e de constante evolução.

Biografia do Autor

Thais de Fátima Aleixo Correa, Universidade Federal do Pará

Enfermeira. Mestranda do programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Pará (PPGENF – UFPA).

Victoria Malcher Silva Fontes, Universidade Federal do Pará

Enfermeira. Mestranda do programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Pará (PPGENF – UFPA).

Kely da Silva Barros, Universidade Federal do Pará

Enfermeira. Mestranda do programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Pará (PPGENF – UFPA).

Michele Monteiro Sousa, Universidade Federal do Pará

Enfermeira. Mestranda do programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Pará (PPGENF – UFPA). Especialista Oncologia( UEPa) Especialista Obstetrícia ( UFPA) Especialista em Processos Educacionais na Saúde com ênfase em avaliação de competência ( Hospital Sírio Libanês)
Especialista em Naturologia ( Estratego)

Lucianne do Socorro Nascimento de Araújo

Enfermeira. Mestranda do programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Pará (PPGENF – UFPA). Especialista em Obstetrícia (UFPA)

Jouhanna do Carmo Menegaz, Universidade do Estado de Santa Catarina.

Enfermeira. Doutora em enfermagem. Docente do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Pará e do Departamento de Enfermagem da Universidade do Estado de Santa Catarina. Chapecó, Santa Catarina,

Publicado

2022-06-25

Como Citar

1.
Thais de Fátima Aleixo Correa, Victoria Malcher Silva Fontes, Kely da Silva Barros, Michele Monteiro Sousa, Lucianne do Socorro Nascimento de Araújo, Jouhanna do Carmo Menegaz. Management of nursing education in theoretical-practical activities: reflections in the context of the pandemic. Rev Enferm UFPI [Internet]. 25º de junho de 2022 [citado 3º de dezembro de 2022];11(1). Disponível em: https://periodicos.ufpi.br/index.php/reufpi/article/view/953

Edição

Seção

Reflexão