Skate Transnacional: difusão de perfomance e técnicas corporais em vídeo-partes

Autores

  • Giovanni Cirino Universidade Estadual de Londrina

DOI:

https://doi.org/10.26694/rer.v2i2.9443

Palavras-chave:

skate, vídeo-parte, comportamento restaurado, cultura transnacional

Resumo

O presente texto tem a intenção de refletir sobre produções audiovisuais das marcas e atletas praticantes do skate tomando como questão central os desafios levados pelas diferentes técnicas para a execução de determinadas manobras. A partir do material audiovisual produzido por certas marcas e determinados atores, nossa reflexão procura acompanhar discursos sobre o aprendizado e possibilidades técnicas de realizações dadas pela particularidade dos processos de difusão das performances. Para tal foram conduzidas sessões de vídeos com skatistas experientes focando o interesse nas particularidades de circulação das técnicas e práticas corporais.

Referências

BRANDÃO, Leonardo. A Cidade e a tribo skatista: juventude, cotidiano e práticas corporais na história cultural. Dourados: Ed. UFGD, 2011.

_________. Esportes de ação: notas para uma pesquisa acadêmica. In: Revista Brasileira de Ciências do Esporte. V.32, n.1, Porto Alegre-RS, Sept. 2010.

_________. A Introdução dos esportes californianos no Brasil: apontamentos para o início de uma discussão. In: Fronteiras, Revista de História. V.11, n.19, p.327-348, jan. jun., 2009.

CSIKSZENTMIHALYI, Mihaly. “Flow Patterns in Everyday Life” (Cap. 9) In: Beyond Boredom and Anxiety: Experiencing Flow in Work and Play”. San Francisco: Jossey-Bass Publishers, [1975] 2000. p. 140 – 160.

GIAMARINO, Christofer D. Spatial Ethno-geographies of ‘sub-cultures’in Urban Space: Skateboarders, Appropriative Performance, and Spatial Exclusion in Los Angeles. Columbia University, 2017.

HERTZ, Robert. “A preeminência da mão direita: um estudo sobre a polaridade religiosa”. In: Religião e Sociedade. Rio de Janeiro: Tempo e Presença, No 06, pp. 99-128, 1980.

MACHADO, Giancarlo. De “carrinho” pela cidade: a prática do street skate em São Paulo. Dissertação de mestrado em antropologia social. Universidade de São Paulo, USP, 2011.

MAUSS, Marcel. “As técnicas do corpo”. In: Sociologia e Antropologia. São Paulo: CosacNaify, 2003.

OLIC, Mauricio Bacic. Entre o liso e o estriado: skatistas na metrópole. Dissertação de Mestrado em Ciências Sociais, PUC-SP, 2010.

SCHECHNER, Richard. Performance Theory. New York & London: Routledge, 1988.

SCHECHNER. Richard. “What is Performance?”. In: Performance Studies: an Introduction. New York & London: Routledge, pp. 28-51, 2006.

Referências Videográficas:

“Uretano sobre o asfalto” (Luis Fernando Silva, 2017)

“Dirty Money – A geração do Skate” Alexandre Vianna e Ricardo Koraicho 2013

“Vida sobre rodas” (Daniel Baccaro, 2013)

Bronson video - (Bronson Bearings, 2019)

Creature – The Video (Lee Charron; Daf Noah, 2018)

Rough Cut from Bronson Video - (Bronson, 2019)

Referências webgráficas:

https://theiasc.org

www.skatevideosite.com

www.skateboarding.transworld.net

https://www.youtube.com/watch?v=89a2v4-D_Z0 (Creature – The Vídeo).

https://www.youtube.com/watch?v=Q6QOB3NNSCk&t=6s (David Gravette’s Bronson Part).

Downloads

Publicado

2020-04-15

Como Citar

CIRINO, G. . Skate Transnacional: difusão de perfomance e técnicas corporais em vídeo-partes. Revista EntreRios do Programa de Pós-Graduação em Antropologia, [S. l.], v. 2, n. 2, p. 110-121, 2020. DOI: 10.26694/rer.v2i2.9443. Disponível em: https://periodicos.ufpi.br/index.php/entrerios/article/view/5227. Acesso em: 19 jun. 2024.