Sobre o Conceito de Natureza e Natureza Humana em Nietzsche

Autores

  • Oswaldo Giacoia Jr. Pontifícia Universidade Católica do Paraná -PUCPR

DOI:

https://doi.org/10.26694/pensando.vol14i33.4749

Palavras-chave:

Nietzsche, natureza humana, natureza, pulsões, sublimação, piedade natural

Resumo

O objetivo central do presente artigo consiste numa interpretação do conceito de natureza e de natureza humana na obra de Friedrich Nietzsche, com referência e abertura tanto para a tradição da história da filosofia moderna quanto para contribuições advindas da antropologia cultural e da psicanálise.

Biografia do Autor

Oswaldo Giacoia Jr., Pontifícia Universidade Católica do Paraná -PUCPR

Professor Titular do Departamento de Filosofia da Unicamp desde 2013. Professor do Programa de Pós Graduação em Filosofia da PUCPR desde 2020. Graduado em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1976), em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (1976). Mestre em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1983) e Doutor em Filosofia pela Freie Universität Berlin (1988). Pós doutorado pela Freie Universität Berlin (93-94), Viena (97-98) e Lecce (2005-2006). Sua pesquisa concentra-se na área de Filosofia Moderna e Contemporânea, com ênfase em História da Filosofia, Ética e Filosofia do Direito, ocupando-se de temas como: teoria da cultura, ética pura e aplicada, filosofia do direito, filosofia social, política e da história, filosofia clássica francesa e alemã, especialmente com as obras de Augusto Comte, Arthur Schopenhauer e Friedrich Nietzsche.

Referências

Bertino, A. Stegmaier, W. Nietzsches Anthropologiekritik.In: Marc Rölli. M. (Hg.): Fines Hominis? Zur Geschichte der philosophischen Anthropologiekritik. Bielefeld: transcript Verlag, 2015.

Gehlen, A. Urmensch und Spätkultur. 3a. ed. Frankfurt-M: Athenaion, 1975.

Gehlen, A. Der Mensch. Seine Natur und seine Stellung in der Welt. In: Gesamelte Ausgabe. Ed. Karl-Siegbert Rehberg. Band III. Teilband I. Frankfurt-M: Vittorio Klostermann, 1993.

Lemm, V. Natureza, caos e transformação: para uma antropologia filosófica transformadora. In: Cadernos Nietzsche. Guarulhos/Porto Seguro, v.41, n.3, setembro-dezembro 2020.

Nietzsche, F. Sämtliche Werke. Kritische Studienausgabe (KSA). Ed. G. Colli und M. Montinari. Berlin, New York, München, 1980.

Nietzsche, F. A Gaia Ciência. Trad. Rubens R. Torres Filho. In: Obras Incompletas. Coleção Os Pensadores. São Paulo: Nova Cultural, 1999.

Nietzsche. F. Para Além de Bem e Mal. Nossas Virtudes. Trad. Rubens R. Torres Filho. In: Obras Incompletas. Coleção Os Pensadores. São Paulo: Nova Cultural, 1999.

Nietzsche, F. Aurora. Aforismo 17. Trad. Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2004.

Rousseau, J-J. Discurso sobre a Origem e os Fundamentos da Desigualdade entre os Homens. Trad. Lourdes Santos Machado. In. Jean-Jacques Rousseau. Coleção Os Pensadores 1ª. Ed. São Paulo: Abril Cultural, 1973.

Downloads

Publicado

2024-01-23

Como Citar

GIACOIA JR., O. Sobre o Conceito de Natureza e Natureza Humana em Nietzsche. PENSANDO - REVISTA DE FILOSOFIA, [S. l.], v. 14, n. 33, p. 31-42, 2024. DOI: 10.26694/pensando.vol14i33.4749. Disponível em: https://periodicos.ufpi.br/index.php/pensando/article/view/4749. Acesso em: 19 abr. 2024.