CAMINHOS DA DOCÊNCIA: A IMPORTÂNCIA DO PROGRAMA RESIDÊNCIA PEDAGÓGICA PARA A FORMAÇÃO DO PROFESSOR DO CAMPO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26694/epeduc.v4i2.13128

Palavras-chave:

Educação do Campo, Formação Inicial, Residência Pedagógica

Resumo

O Programa Residência Pedagógica (PRP) é um programa que tem por objetivo aprimorar a formação do graduando nos cursos de licenciatura, possibilitando a imersão do aluno na escola a partir da metade do curso, período que coincide com o Estágio Supervisionado. Assim, o presente artigo tem como objetivo compreender a importância do PRP para formação do Educador do Campo. O estudo foi desenvolvido a partir de uma pesquisa documental e bibliográfica (GIL, 2008) nos quais foram utilizados os fundamentos legais da PRP, Resoluções CNE/CP n. 4/2018, n. 2/2017, n.02/2015; LDBEN n. 9.394/96; Portaria GAB n. 38/2018; Constituição Federal (1988); Editais CAPES; Diretrizes para Formação de Professores da Educação Básica; BNCC; BNC - formação e revisões bibliográficas articuladas aos referenciais de formação de professores, educação do campo e Estágio Supervisionado. A pesquisa foi estruturada descrevendo o Programa Residência Pedagógica enquanto política pública de formação de professores e sobre o PRP e a articulação com o Estágio Supervisionado. Assim, compreendemos que o Programa Residência Pedagógica busca romper com a clássica distância entre a teoria e a prática docente por meio de uma experiência larga e de uma atuação compartilhada entre a universidade e a escola da Educação Básica. Por conter uma carga horária ampliada, colabora para que o futuro docente compreenda a práxis educativa e adquira experiências no âmbito escolar.

Referências

ARROYO, M. G.; CALDART, R. S.; MOLINA, M. C. Por uma educação do campo. Petrópolis: Vozes, 2004.

BARREIRO, I. M. F.; GEBRAN, R. A. Prática de Ensino e Estágio Supervisionado na Formação de Professores. São Paulo: Avercamp, 2006.

BEGNAMI, J. B. Formação por Alternância na Licenciatura em Educação do Campo: limites e possibilidades do diálogo com a Pedagogia da Alternância. 2019. 402 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2019.

BESUTTI, J.; REDANTE, R.C.; FÁVERO, A.A. Formação e construção da identidade docente a partir da narrativa de histórias de vida. Educação Por Escrito. Porto Alegre, v. 8, n. 2, p. 260-277, jul./dez. 2017

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF, Senado,1998.Disponívelem:http://www.senado.gov.br/legislação/const/con1988/CON1988_04.02.2010/CON1988.pdf.Acesso em: 18 de jun. de 2021

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Educação é a Base. Brasília, MEC/CONSED/UNDIME, 2018. Acesso em: 07maio. 2021

Downloads

Publicado

2021-11-22

Como Citar

GOMES DE SOUZA RIBEIRO, A. P. .; LAREMBERG ALVES CAVALCANTI, Ágata L. . CAMINHOS DA DOCÊNCIA: A IMPORTÂNCIA DO PROGRAMA RESIDÊNCIA PEDAGÓGICA PARA A FORMAÇÃO DO PROFESSOR DO CAMPO. Epistemologia e Práxis Educativa - EPEduc, [S. l.], v. 4, n. 2, 2021. DOI: 10.26694/epeduc.v4i2.13128. Disponível em: https://periodicos.ufpi.br/index.php/epeduc/article/view/1885. Acesso em: 6 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos