A LENTE DE SMITH: EDUCAÇÃO E O FLORESCER DA SOCIEDADE

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26694/caedu.v5i3.4590

Palavras-chave:

Educação; Adam Smith, Crescimento Econômico, Desenvolvimento Social

Resumo

O estudo tem como propósito abordar a temática da educação sob a perspectiva do renomado economista, filósofo e reformador social, Adam Smith. O texto se divide em três partes centrais. Na primeira parte, busca-se explorar a questão da educação através da ótica filosófica presente na obra de Smith, a qual se fundamenta na discussão acerca da importância da experiência da educação para o aprendizado de bons sentimentos morais como elementos essenciais para o desenvolvimento tanto individual quanto da sociedade. Por sua vez, a segunda parte enfoca as discussões econômicas de Smith em relação a temas como a relevância da educação, sua provisão adequada e formas ideais de financiamento do ensino. A terceira seção elenca as principais políticas educacionais realizadas no Brasil ao longo do início do século XXI e traça uma avaliação destas pela ótica smithiana. O objetivo é tratar a dimensão da educação de forma abrangente, assim como o próprio Smith o fez, e, com base em suas contribuições, considerar e avaliar seus aspectos interligados a fundamentos sociais e econômicos.

Biografia do Autor

Otávio Florentino Detoni, Universidade de São Paulo - USP

Graduado em Economia pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Especialista em Agronegócios pela Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" da Universidade de São Paulo (ESALQ/USP). Mestre em Economia pelo Programa de Pós Graduação em Economia da Universidade Federal de Juiz de Fora (PPGE-UFJF). Doutor em Economia pela Universidade de São Paulo (USP). Pesquisador atuante na área de Microeconometria Aplicada à Economia do Trabalho e Macroeconomia do Desenvolvimento. Pesquisador membro do grupo de pesquisa MADE - USP. 

Referências

ASSOUAD, L.; CHANCEL, L.; MORGAN, M. Extreme inequality: evidence from Brazil, India, the Middle East, and South Africa. AEA Papers and Proceedings, v. 108, p. 119-23, 2018.

BERRY, C. J. (2006). Smith and science. In K. Haakonssen. (Ed.), The Cambridge companion to Adam Smith (pp. 112–135). Cambridge: Cambridge University Press.

COSTA, S. Unequal and Divided: The Middle Classes in Contemporary Brazil. In: GETHIN, A.; MARTÍNEZ-TOLEDANO, C.; PIKETTY, T. (Eds.). Political Cleavages and Social Inequalities: A Study of Fifty Democracies, 1948–2020. Harvard University Press, 2021. p. 25-46.

HEILBRONER, R. L. Introdução à história das idéias econômicas. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1965.

MORGAN, M.; GETHIN, A. Democracy and the Politicization of Inequality in Brazil, 1989-2018, 2021.

PICANÇO, F. Juventude por cor e renda no acesso ao ensino superior: somando desvantagens, multiplicando desigualdades?. Revista Brasileira de Ciências Sociais, v. 30, n. 88, p. 145–179, 2015.

ROTHSCHILD, E. (1998). Condorcet and Adam Smith on education and instruction. In A. O. Rorty (Ed.), Philosophers on education: New historical perspectives (pp. 208–225). London: Routledge.

SEMESP. Mapa do ensino superior no Brasil. São Paulo: Sindicato das Mantenedoras do Ensino Superior, 2016.

SKINNER, A. S. (1996). A system of social science: Papers relating to Adam Smith. Oxford: Clarendon Press.

SMITH, A. (1776) A riqueza das Nações. Rio de Janeiro: Abril Cultural, 1996.

SMITH, A. (1959). Teoria dos Sentimento Morais; WMF Martins Fontes, 2015.

TEGOS, S. (2013). Adam Smith: Theorist of corruption. In C. J. Berry, M. P. Paganelli & C. Smith. (Eds), The Oxford handbook of Adam Smith (pp. 353–371). Oxford: Oxford University Press.

THOMAS, A. (2017). Adam Smith on the Philosophy and Provision of Education; Journal of Interdisciplinary Economics, 30(1), 1–12.

VINER, J. (1927). Adam Smith and laissez faire. Journal of Political Economy, 35(2), 198–232.

WEST, E. G. (1964). Private versus public education: A classical economic dispute. Journal of Political Economy, 72(5), 465–475.

Downloads

Publicado

2023-12-18

Como Citar

DETONI, O. F. . A LENTE DE SMITH: EDUCAÇÃO E O FLORESCER DA SOCIEDADE. CAMINHOS DA EDUCAÇÃO diálogos culturas e diversidades, [S. l.], v. 5, n. 3, p. 01-13, 2023. DOI: 10.26694/caedu.v5i3.4590. Disponível em: https://periodicos.ufpi.br/index.php/cedsd/article/view/4590. Acesso em: 15 abr. 2024.

Edição

Seção

ARTIGOS