A apropriação de Jan Patočka da fenomenologia de Edmund Husserl e Martin Heidegger

Autores

  • Renato Kirchner Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas)

DOI:

https://doi.org/10.26694/pensando.vol14i32.4609

Palavras-chave:

Fenomenologia; Conceitos fundamentais; Jan Patočka; Edmund Husserl; Martin Heidegger.

Resumo

O artigo tem o propósito de fazer uma incursão nas obras principais do filósofo checo de Jan Patočka mais diretamente relacionadas com os fundamentos da fenomenologia, a saber: Introdução à fenomenologia e O movimento da existência humana. Considerando que nas reflexões reunidas nestas duas publicações – que em grande parte são diretamente provenientes de cursos e conferências dadas pelo autor – podemos encontrar um confronto interpretativo e apropriador dos dois principais mestres e fundadores da filosofia fenomenológica durante as primeiras décadas do século XX, nosso objetivo é selecionar, traduzir e apresentar os conceitos de Edmund Husserl e Martin Heidegger. Tendo isso em mente, nossa proposta está estruturada da seguinte maneira: Introdução; 1. O modo como Patočka apreende e entende o início da fenomenologia em Edmund Husserl; 2. A continuidade e as novidades da fenomenologia em Martin Heidegger segundo Patočka; Considerações finais.

Biografia do Autor

Renato Kirchner, Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas)

Professor da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas). Coordenador do Programa de Mestrado Stricto Sensu em Ciências da Religião na PUC-Campinas e diretor da Faculdade de Filosofia. Membro do corpo docente permanente da Faculdade de Filosofia (2010-atual), da Faculdade de Biblioteconomia (2011-atual) e do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião (2014-atual). Membro do conselho da Faculdade de Filosofia e do Núcleo Docente Estruturante (NDE) da Faculdade de Biblioteconomia e da Faculdade de Filosofia. Doutor e mestre formado em Filosofia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Graduado em Filosofia pela Universidade São Francisco (USF), São Paulo. Atualmente, coordena projeto de pesquisa vinculado ao Programa de Mestrado em Ciências da Religião e ao Programa de Iniciação Científica pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Leciona diversas disciplinas na pós-graduação (Ciências da Religião) e graduação (Filosofia) e orienta alunos de mestrado em nível de pós-graduação em Ciências da Religião e Iniciação Científica.

Referências

HEIDEGGER, Martin. Ser e tempo. Bragança Paulista: Edusf; Petrópolis: Vozes, 2006.

HEIDEGGER, Martin. Os problemas fundamentais da fenomenologia. Petrópolis: Vozes, 2012.

HUSSERL, Edmund. Investigações lógicas. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2014.

HUSSERL, Edmund. Ideias para uma fenomenologia pura e para uma filosofia fenomenológica. Aparecida: Ideias e Letras, 2006.

HUSSERL, Edmund. A ideia da fenomenologia. Lisboa: Edições 70, 1986.

PATOČKA, Jan. Introducción a la fenomenologia. Madrid: Herder, 2005.

PATOČKA, Jan. El movimiento de la existencia humana. Madrid: Encuentro, 2004.

PATOČKA, Jan. Ensayos heréticos sobre filosofía de la historia. Madrid: Encuentro, 2016.

Downloads

Publicado

2023-09-22

Como Citar

KIRCHNER, R. A apropriação de Jan Patočka da fenomenologia de Edmund Husserl e Martin Heidegger. PENSANDO - REVISTA DE FILOSOFIA, [S. l.], v. 14, n. 32, p. 13-21, 2023. DOI: 10.26694/pensando.vol14i32.4609. Disponível em: https://periodicos.ufpi.br/index.php/pensando/article/view/4609. Acesso em: 14 jun. 2024.