IDENTIDADE, MOTIVAÇÃO E AUTONOMIA NA RESIDÊNCIA DOCENTE EM LÍNGUA ESTRANGEIRA/ADICIONAL: REFLETINDO SOBRE DISCURSOS E PRÁTICAS DO "SER PROFESSOR DE INGLÊS" EM ESCOLA PÚBLICA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26694/caedu.v5i3.4638

Palavras-chave:

Escola Pública, Formação docente, Formação Contínua de Professores

Resumo

O presente artigo empreende uma análise crítico-reflexiva sobre a identidade docente, o fator motivacional e a construção da autonomia do professor de inglês de escola pública a partir dos relatos dos professores-cursistas da Pós-Graduação Lato Sensu Residência Docente para Formação de Educadores da Educação Básica do Centro Pedagógico da Universidade Federal de Minas Gerais. Partimos da hipótese de que professores autônomos e motivados contribuem de forma mais significativa para a formação de estudantes igualmente imbuídos de motivação e autonomia no processo de ensino e aprendizagem de língua inglesa. Dessa forma, a partir dos relatos desses docentes, professores da Rede Municipal de Belo Horizonte, buscamos reconhecer elementos que lançam um olhar significativo e relevante sobre a identidade, a motivação e a autonomia dos docentes diante dos momentos de formação continuada e dos momentos do exercício docente. Esses elementos foram coletados na reflexão memorialística sobre o percurso formativo, no planejamento e na elaboração do projeto de ação e na observação da trajetória desafiadora de construção do perfil de professor-pesquisador na área de inglês para crianças e adolescentes em escolas públicas.  

Biografia do Autor

Luiza Santana Chaves, Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG

Doutora e Mestra em Letras (Teoria da Literatura e Literatura Comparada), atuando na linha de pesquisa Literatura, História e Memória Cultural pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Também é Mestra em Linguística Aplicada ao Ensino de Espanhol como Língua Estrangeira pela Universidad Europea del Atlántico (UNEATLANTICO - Santander / Espanha). Realizou o Pós-Doutorado na Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC - Ilhéus / Bahia), no Programa de Pós-Graduação em Letras: Linguagens e Representações, na linha de pesquisa Literatura e Cultura: Representações em Perspectiva Interdisciplinar. Licenciada em Letras (Espanhol, Inglês e Português) pela FALE/UFMG e ICSH/CESB; e, Graduada em Pedagogia pela Universidade Estadual de Maringá (UEM). Foi vice-diretora do Centro Pedagógico da UFMG (CP/UFMG) e coordenadora da área de Espanhol dos Cursos de Idiomas (CENEX) da Faculdade de Letras da UFMG. É professora do Núcleo de Línguas Estrangeiras do Centro Pedagógico (CP/UFMG) e da área de Literatura e Ensino no Mestrado Profissional (ProfLetras - FALE/UFMG). Também atua como orientadora de estágios, monografias e dissertações. É autora de Livros Didáticos, com destaque para as coleções aprovadas pelo PNLD: Cercanía e Cercanía Joven (espanhol para Ensino Fundamental II e Ensino Médio); Estações Linguagens (Ensino Médio: área de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias). Por fim, atua nas seguintes linhas de pesquisa, em uma perspectiva interdisciplinar e intercultural: Literatura, História e Memória Cultural; Linguística Aplicada ao Ensino de Línguas; Formação Docente. 

Raika Luana Aleme, Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG

Mestrado em TESOL,Teaching English to Speakers of Other Languages pela Indiana Universtiy of Pennsylvania, EUA - revalidado como equivalente ao Mestrado em Linguística Aplicada pela Universidade de Brasília. Especialização em Ensino de Inglês pela Universidade Federal de Minas Gerais e graduação em Licenciatura em Língua Inglesa pela Universidade Federal de Ouro Preto. Professora de Língua Inglesa do Centro Pedagógico da UFMG.

Referências

BAMBIRRA, M. R. A. Desenvolvendo a autonomia pelas trilhas da motivação, autoestima e identidade: uma experiência reflexiva. Tese de Doutorado. Orientação MICCOLI, L. Belo Horizonte: UFMG, 2009.

BOSI, E. Memória e Sociedade - Lembranças de Velhos. São Paulo: EDUSP, 1995.

CUNHA, A.; MICCOLI, L. (Orgs.). Faça a diferença: ensinar línguas estrangeiras na Educação Básica. São Paulo: Parábola Editorial, 2016.

CAPES. Diretoria de Formação de Professores da Educação Básica. CAPES: Uma síntese sobre Programas de Formação de Professores da Educação Básica. Brasília, 2013.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1987.

FREIRE, P. Pedagogia da Autonomia - saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

MICCOLI, L. Ensino e Aprendizagem de Inglês: Experiência Desafios e Possibilidades. Belo Horizonte: Editora Pontes, 2010.

MOURA, D. G.; BARBOSA, E. F. Trabalhando com projetos: planejamento e gestão de projetos educacionais. Petrópolis, (RJ): Vozes, 2006.

NÓVOA, A. O regresso dos professores. In: Conferência desenvolvimento profissional de professores para a qualidade e para a equidade da aprendizagem ao longo da vida. Lisboa, 2007. Disponível em: <https://repositorio.ul.pt/bitstream/10451/687/1/21238_rp_antonio_novoa.pdf>.

Acesso em 24/02/2020.

PEREIRA, J. S. Apontamentos sobre Memoriais de Percurso. In: Curso Produção de Materiais Didáticos para a diversidade: patrimônio e práticas de memória numa perspectiva interdisciplinar. UFMG: UAB, 2010.

ROMANOWSKI, J.P. Formação e profissionalização docente. 4a Ed. Curitiba: Editora Ibpex, 2010.

SANTOS, H. Roteiro para Elaboração de Projetos de Ação/Intervenção. Academia.Edu, 2020. Disponível em: <https://www.academia.edu/4277732/ROTEIRO_v._2.pdf>.

Acesso em 24/02/2020.

THIOLLENT , M. Metodologia da Pesquisa-Ação. São Paulo, Cortez, 1992.

TRIPP, David. “Pesquisa-ação: uma introdução metodológica.” In: Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 31, n. 3, p.443-466, 2005.

USHIODA, E. Motivation as a socially mediated process. In: LITTLE, D.; RIDLEY, J.; USHIODA, E. Learner autonomy in the foreign language classroom: teacher, learner, curriculum and assessment. Dublin: Authentik, 2003. p. 90-102.

USHIODA, E.; DÖRNYEI, Z. Motivation, language Identities and the L2 self: a theoretical overview. In: DÖRNYEI, Z.; USHIODA, E. (eds.). Motivation, language identity and the L2 self. Bristol, UK: Multilingual Matters, 2009. p. 1-8.

Downloads

Publicado

2023-12-18

Como Citar

CHAVES, L. S. .; ALEME, R. L. . IDENTIDADE, MOTIVAÇÃO E AUTONOMIA NA RESIDÊNCIA DOCENTE EM LÍNGUA ESTRANGEIRA/ADICIONAL: REFLETINDO SOBRE DISCURSOS E PRÁTICAS DO "SER PROFESSOR DE INGLÊS" EM ESCOLA PÚBLICA . CAMINHOS DA EDUCAÇÃO diálogos culturas e diversidades, [S. l.], v. 5, n. 3, p. 01-19, 2023. DOI: 10.26694/caedu.v5i3.4638. Disponível em: https://periodicos.ufpi.br/index.php/cedsd/article/view/4638. Acesso em: 19 abr. 2024.

Edição

Seção

ARTIGOS