Perfil de consultorias em psiquiatria do Hospital Universitário da Universidade Federal do Piauí
PDF (Texto Completo)

Palavras-chave

Interconsulta
Hospital geral
Transtornos mentais
Saúde Mental

Como Citar

Garcez, A. M. ., & Rodrigues, A. C. T. . (2021). Perfil de consultorias em psiquiatria do Hospital Universitário da Universidade Federal do Piauí. Jornal De Ciências Da Saúde Do Hospital Universitário Da UFPI, 4(1), 33-48. Recuperado de https://periodicos.ufpi.br/index.php/rehu/article/view/848

Resumo

INTRODUÇÃO: A psiquiatria de ligação atende às demandas de saúde mental a pacientes em enfermarias gerais. OBJETIVOS: traçar o perfil das consultorias em psiquiatria no Hospital Universitário da Universidade Federal do Piauí (HU-UFPI). METODOLOGIA: estudo observacional, transversal, descritivo, com coleta de dados retrospectiva. Foram avaliadas consultorias solicitadas entre março de 2018 e fevereiro de 2019. Dados sociodemográficos, epidemiológicos, clínicos e relacionados às características do processo de consultoria foram coletados em prontuários. Foi testada associação entre diagnóstico psiquiátrico e as demais variáveis. RESULTADOS: Amostra de 141 pacientes, sendo 50,4% homens; idade média geral foi de 49,50±16,90 anos; 54,6% procedentes de Teresina e 39,7% solteiros. O tempo de médio de internação foi 31,87±22,75 dias; alta foi o desfecho para a maioria (85,8%). A clínica médica foi principal especialidade solicitante (20,6%) e 33,3% tinham neoplasias. O tempo médio até a solicitação da consultoria foi de 10,32±11,36 dias e 68,8% das solicitações foram respondidas em até um dia. Sintomas depressivos motivaram 30,5% das solicitações. Transtornos de humor foram os diagnósticos psiquiátricos mais frequentes (28,4%). As recomendações mais citadas nas respostas foram: prescrição de antidepressivos em 51,8%; suporte psicológico em 31%; suspensão de benzodiazepínicos em 9,9%. Houve associação entre diagnóstico psiquiátrico, sexo (p=0,001), razão de solicitação (p<0,001), encaminhamento ao ambulatório (p=0,017); recomendação de suporte psicológico(p=0,011), investigação de causas orgânicas(p=0,046), vigilância por risco suicida (0,017) e prescrição de antidepressivos (p<0,001). CONCLUSÃO: O perfil das consultorias foi análogo ao encontrado na literatura brasileira e internacional sobre pareceres psiquiátricos em hospital geral e poderá ser útil para planejamento de outros trabalhos sobre o assunto e intervenções no serviço estudado.

PDF (Texto Completo)