EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR, SAÚDE-FÍSICA E MENTAL NO ISOLAMENTO SOCIAL

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26694/epeduc.v4i3.13268

Palavras-chave:

educação física, saúde e covid-19

Resumo

Este artigo tem como objetivo analisar e refletir sobre a necessidade imposta à educação e a educação física brasileiras durante o período de distanciamento social imposto pela pandemia de Covid-19. O objetivo é refletir sobre a importância da educação física, da prática de exercícios físicos e da atividade física para a saúde física e mental para novas medidas de saúde. Para o desenvolvimento deste trabalho, realizamos um levantamento por meio de revisões da literatura já publicada na área de educação, saúde e o novo coronavírus. Os resultados mostram que o sistema de educação a distância adotado como estratégia no Brasil para atendimento emergencial à pandemia do SARS-CoV-2, e em especial o componente educação física, trouxe consequências desfavoráveis e insalubres para a sociedade brasileira, com maior prevalência no país para a população economicamente desfavorecida. Esse fato está atrelado à escassez de recursos e tecnologias necessárias a essa modalidade de ensino, que teve seu acesso desabilitado, tornando-o antidemocrático e, portanto, aumentando a distância para seu pleno desenvolvimento no processo ensino-aprendizagem, além de outros prejuízos imensuráveis.

Referências

AQUINO, E. M., I. H. SILVEIRA, et al. Medidas de distanciamento social no controle da pandemia de COVID-19: potenciais impactos e desafios no Brasil. Ciência & Saúde Coletiva 25: 2423-2446 - Rio de Janeiro (2020).

AVENI, A. sistemas de saude, economia da saúde. impactos do covid-19." Cadernos de Prospecção 13(2 COVID-19).Brasília (2020).

Bames, J., T. K. et al. "Letter to the Editor: Standardized use of the terms" sedentary" and" sedentary behaviours"." Applied Physiology Nutrition and MetabolismPhysiologie Appliquee Nutrition Et Metabolisme 37: 540-542. Tokyo (2012)

BEZERRA, L. A. "Ensino à distância nos cursos de direito: reflexões sobre as possibilidades e dificuldades para sua implementação no Brasil." Vitória (2020).

BULL, F. C.; A. E. Bauman Physical inactivity: the “Cinderella” risk factor for noncommunicable disease prevention. Journal of health communication 16(sup2): 13-26. Melbourne (2011).

CHODZKO-ZAJKO, W. J.;K. A. MOORE. Physical fitness and cognitive functioning in aging." Exercise and sport sciences reviews 22(1): 195-220. Estados Unidos da America (1994).

Downloads

Publicado

2021-12-29

Como Citar

ALMEIDA LUNA, T. . EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR, SAÚDE-FÍSICA E MENTAL NO ISOLAMENTO SOCIAL. Epistemologia e Práxis Educativa - EPEduc, [S. l.], v. 4, n. 3, 2021. DOI: 10.26694/epeduc.v4i3.13268. Disponível em: https://periodicos.ufpi.br/index.php/epeduc/article/view/1895. Acesso em: 17 ago. 2022.