CENÁRIO DA DISTRIBUIÇÃO DE COTAS PARA RESIDENTES DO EDITAL 01/2020 DA CAPES

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26694/epeduc.v4i2.12390

Palavras-chave:

Residência Pedagógica, Formação de Professores, Políticas Públicas

Resumo

O presente artigo tem por objetivo analisar a distribuição de cotas (bolsas), para residentes, no Edital 01/2020 do Programa Residência Pedagógica da CAPES. Tratase de um estudo documental cujas fontes foram os documentos publicados pela CAPES relacionados ao referido edital. Desse modo, a organização e o tratamento dos dados, ancora-se aos pressupostos da Estatística Descritiva e à recursos e fórmulas do software Excel. Para melhor apresentação dos dados, optou-se por elaborar sínteses a partir de quadros com vistas a contemplar o objetivo proposto. Após essa etapa, iniciou-se o processo de análise e interpretação dos dados, considerando uma abordagem descritiva e três categorias analíticas: a) análise da distribuição das Cotas por Região, Estado e Municípios do país; b) análise da distribuição das Cotas por IES e c) análise da distribuição das Áreas de Residência Pedagógica. De modo geral, a análise possibilitou verificar que foram distribuídas 30.096 cotas de residentes, sendo 55,42% destas para residentes de áreas prioritárias e 45,58% de áreas gerais. Foi possível observar, também, que o PRP está presente em todos os Estados e em aproximadamente 20% dos municípios brasileiros.

Referências

SCHAEFER, Cristina. Experiências e narrativas: um olhar para a formação de professores de matemática a partir do PIBID. Dissertação (Mestrado em Educação). Programa de PósGraduação em Educação. Universidade de Santa Cruz do Sul, 2015.

SILVA, José Fernandes da; MANRIQUE, Ana Lucia. Investigações brasileiras sobre os egressos de Licenciaturas em Matemática que vivenciaram práticas de Iniciação à Docência. Acta Latinoamericana de Matemática Educativa, v. 32, p. 591-599, 2019.

SILVA, José Fernandes da; MANRIQUE, Ana Lucia. Reflexiones emergentes de prácticas de un grupo colaborativo de profesores sobre los conocimientos necesarios para enseñar Matemática. Paradigma (Maracay)

TINTI, Douglas da Silva. PIBID: um estudo sobre suas contribuições para o processo formativo de alunos de Licenciatura em Matemática da PUC-SP. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) – Programa de Estudos Pos-graduados em Educação Matemática. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.

TINTI, Douglas da Silva; MANRIQUE, Ana Lucia. PIBID: Inserción de futuros profesores de matemáticas en el entorno escolar con vistas a minimizar el choque con la realidad. Linhas Críticas, v. 25, p. 333-349, 2019. DOI: https://doi.org/10.26512/lc.v25i0.23110

TINTI, Douglas da Silva; MANRIQUE, Ana Lucia. Teoria e Prática na Formação de Professores que ensinam Matemática: que caminhos apontam experiências com o PIBID e OBEDUC?. Educação Matemática em Revista (São Paulo), v. 49B, p. 98-106, 2016. Disponível em: http://sbem.iuri0094.hospedagemdesites.ws/revista/index.php/emr/article/view/621/pdf. Acesso em: 21 fev. 2021.

TINTI, Douglas da Silva; SILVA, José Fernandes da. Estudo das repercussões do Programa Residência Pedagógica na formação de Professores de Matemática. Formação Docente, v. 13, p. 151-172, 2020. DOI: https://doi.org/10.31639/rbpfp.v13i25.404. Acesso em: 21 fev. 2021.

VICENTE, Marcelina Ferreira. Programa institucional de bolsas de iniciação à docência - PIBID - e a formação inicial de professores. Dissertação (Mestrado em Educação). Programa de Pós-Graduação em Educação. Universidade Estadual Paulista, 2016.

Downloads

Publicado

2021-11-22

Como Citar

SILVA TINTI, D. da .; FERNANDES DA SILVA, J. .; ALVES FARIAS, R. . CENÁRIO DA DISTRIBUIÇÃO DE COTAS PARA RESIDENTES DO EDITAL 01/2020 DA CAPES. Epistemologia e Práxis Educativa - EPEduc, [S. l.], v. 4, n. 2, 2021. DOI: 10.26694/epeduc.v4i2.12390. Disponível em: https://periodicos.ufpi.br/index.php/epeduc/article/view/1881. Acesso em: 6 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos