Curricular component of Urgency and Emergency in Brazilian Nursing undergraduate courses

Autores

  • Nelson Miguel Galindo Neto Instituto Federal de Pernambuco - IFPE
  • Lúcia Cristina da Silva Pereira Instituto Federal de Pernambuco - IFPE
  • Leonardo Silva da Costa Instituto Federal de Pernambuco - IFPE
  • Marcela Lourene Correia Muniz Instituto Federal de Pernambuco - IFPE
  • Daniela Bezerra de Melo Instituto Federal de Pernambuco - IFPE
  • Josicleide Montenegro da Silva Guede Alcoforado IFPE

DOI:

https://doi.org/10.26694/reufpi.v11i1.970

Palavras-chave:

Urgência, Emergência, Educação em Enfermagem, Bacharelado em Enfermagem, Medicina de Emergência

Resumo

Objetivo: Caracterizar a oferta da disciplina de Urgência e Emergência nas matrizes curriculares dos cursos superiores de Enfermagem no Brasil. Métodos: Trata-se de estudo descritivo, documental, realizado no website do Ministério da Educação e em 691 matrizes curriculares de cursos de bacharelado em Enfermagem no Brasil. Resultados: Das matrizes curriculares, 97,2% pertenciam a cursos de ensino presencial; 83,6%, de instituições privadas, majoritariamente localizada na região sudeste (36,8%). Com relação à disciplina de Urgência e Emergência, esta apareceu em 97,2% das instituições como componente curricular obrigatório, em sua maioria, ofertada no sétimo período (31,2%) do curso, com carga horária média de 103,3 horas. Conclusão: As disciplinas de Urgência e Emergência nos cursos de graduação em Enfermagem foram, predominantemente, oriundas de instituições privadas, de componente obrigatório, ofertadas no sétimo semestre do curso. 

Publicado

2022-08-02

Como Citar

Galindo Neto, N. M. ., da Silva Pereira, L. C., Silva da Costa, L., Muniz, . M. L. C., Bezerra de Melo, D., & Alcoforado, J. M. da S. G. (2022). Curricular component of Urgency and Emergency in Brazilian Nursing undergraduate courses. Rev Enferm UFPI, 11(1). https://doi.org/10.26694/reufpi.v11i1.970

Edição

Seção

Original