Polypharmacy and high Medication Regimen Complexity Index in the elderly assisted in primary health care / Polifarmácia e Índice de Complexidade Farmacoterapêutico elevado em idosos atendidos na atenção básica de saúde / Polifarmacia y alto Índice de Comp

Autores

  • Kananda Pizano de Freitas, Márcia Regina Martins Alvarenga Universidade Estadual de Mato grosso do Sul,UEMS

Palavras-chave:

Saúde do idoso, Tratamento farmacológico, Atenção Primária à Saúde

Resumo

bjetivo: identificar a associação entre polifarmácia e Índice de Complexidade Farmacoterapêutico (ICFT) elevado em idosos atendidos na atenção básica de saúde. Metodologia: pesquisa transversal realizada nas Unidades Básicas de Saúde de Dourados, MS, com idosos. As variáveis pesquisadas foram socioeconômicas, condições de saúde, uso de medicamentos e complexidade da farmacoterapia. Dados analisados por meio de estatística descritiva e correlação de Pearson. Aprovação do Comitê de Ética em pesquisa nº 1.406.745. Resultados: entrevistados 16 idosos em situação de polifarmácia e portadores de alguma doença crônica não transmissivel. O ICFT obteve média 16,96 (± 9,186) e mediana 15,75, que foi adotada como ponto de corte para identificar complexidade do esquema farmacoterapêutico elevado. Oito idosos apresentaram dificuldades para cumprir o esquema terapêutico devido a múltiplas doses no mesmo horário e recordarem-se das medicações. Conclusão: prevalência de idosas, com hipertensão arterial, baixa escolaridade e que precisam de orientação dos profissionais de saúde frente às dificuldades apresentadas quanto à terapia medicamentosa.

Downloads

Publicado

2020-12-08

Como Citar

Kananda Pizano de Freitas, Márcia Regina Martins Alvarenga. (2020). Polypharmacy and high Medication Regimen Complexity Index in the elderly assisted in primary health care / Polifarmácia e Índice de Complexidade Farmacoterapêutico elevado em idosos atendidos na atenção básica de saúde / Polifarmacia y alto Índice de Comp. Revista De Enfermagem Da UFPI, 9(1). Recuperado de http://periodicos.ufpi.br/index.php/reufpi/article/view/690

Edição

Seção

Original