Florence Nightingales’ teachings in pandemic times / Os ensinamentos de Florence Nightingale em tempos de pandemia / Enseñanzas de Florence Nightingales en tiempos de pandemia

Autores

  • Benevina Maria Vilar Teixeira Nunes Universidade Federal do Piaui

Resumo

O ano de 2020 foi designado pela Organização Mundial de Saúde e Conselho Internacional de Enfermeiras para as comemorações do Bicentenário de nascimento de Florence Nighthingale, e também pela Organização Pan-Americana de Saúde e a Organização Mundial de Saúde o ano internacional dos profissionais de enfermagem e obstetrícia. De acordo com essas instituições essa comemoração tem a finalidade de chamar atenção para o déficit desses profissionais no mundo, como também defender investimentos para aprimorar as condições de trabalho educação e desenvolvimento profissional.

A enfermagem mundial também comemora em 2020 os 200 anos de Florence Nighthingale, personalidade que fundou a enfermagem moderna e teve notoriedade a partir de sua participação na Guerra a Criméia (1853-1856), onde conviveu com epidemias, presenciou a morte de soldados ingleses e realizou um conjunto de atos, de acordo com sua própria vontade, para o controle de doenças infeciosas, numa época em que pouco se conhecia sobre a circulação de microrganismos e que tem repercussão até os dias atuais.

Ao longo de sua trajetória Florence Nighthingale descreveu concepções teóricas com base em observações organizadas sistematicamente sobre o seu cotidiano na pratica do cuidar dos doentes, por meio de dados estatísticos, que ela dominava. Dentre seus registros salienta-se o "diagrama da rosa”, gráfico que evidenciou as mortes dos soldados na Guerra mais por doenças infeciosas adquiridas no hospital, do que pelos ferimentos de guerra. Isso teve um impacto no convencimento do governo britânico para tomar medidas de higiene nos hospitais.

Ao retornar da Guerra da Criméia Florence Nighthingale articulou o movimento para a criação da primeira escola de formação profissional para enfermeiras, em Londres no ano de 1860, cuja data marcou o início da enfermagem moderna. Para tanto deixou publicações que expressaram seu pensamento sobre como cuidar dos doentes e dessa

maneira contribuiu para o crescimento da pratica de enfermagem, como também salvou vidas e influenciou as políticas sanitárias de sua época.

Seus escritos e ensinamentos trazem como tema central a teoria ambientalista cujo conteúdo enfoca o cuidado de enfermagem ao ser humano e a relação desse com o meio ambiente essencial para a recuperação da saúde. Destacou como importante para a cura das doenças a higiene pessoal, a lavagem das mãos, a limpeza hospitalar, boa alimentação, iluminação, que para Ela são capazes de interferir na manutenção da saúde ou o desenvolvimento da doença.

As influências do ambiente no processo saúde-doença são descritos de forma ampla por Florence e incluem por exemplo a higiene das habitações como um componente externo que intervém na recuperação da saúde dos seres humanos. Esse aspecto de sua teoria ajustam-se a esse período de pandemia e se ampliam do campo hospitalar para o campo doméstico. É no lar que agora se ensina como lavar as mãos, como higienizar a casa, os alimentos e preservar a ventilação.

Em meio a pandemia da Covid-19 os ensinamentos de Florence Nighthingale sobre as medidas de higiene pessoal e ambiental foram rememorados, embora hoje em dia eles pareçam básicos, são necessários e válidos num momento em que a humanidade se encontra diante de um problema de saúde global em que os caminhos da cura ainda não estão presentes e tornam os seres humanos temporariamente impotentes para combater definitivamente a doença.

Ressalta-se ainda as ações definidas por Florence Nighthingale para oferecer bem estar aos pacientes, pois além dos cuidados físicos também escrevia cartas para os familiares e orava com seus pacientes durante a guerra, numa tentativa de aliviar a ansiedade, pois compreendia a necessidade de cuidar da saúde mental como um dos aspectos para a recuperação dos doentes. Com a pandemia da COVID 19 observa-se a ansiedade e o medo que apresentam os portadores da doença como também parte da sociedade, que sofre com os efeitos do isolamento social. Percebe-se que embora atualmente aconteça correria para atender tantas pessoas por conta da pandemia, a equipe de saúde e em especial os enfermeiros tem sinalizado ações para aliviar esses sintomas.

Quis o destino que no ano dedicado a enfermagem os enfermeiros e enfermeiras estivessem no combate a uma pandemia, arriscando suas próprias vidas para salvar os doentes portadores da COVID-19, como assim fez Florence Nighthingale em tempos de guerra. Por esses motivos espera-se que o mundo pós pandemia contribua para valorizar e reconhecer o trabalho dos profissionais da enfermagem, com novos espaços no campo da saúde

Downloads

Publicado

2020-11-29

Como Citar

Benevina Maria Vilar Teixeira Nunes. (2020). Florence Nightingales’ teachings in pandemic times / Os ensinamentos de Florence Nightingale em tempos de pandemia / Enseñanzas de Florence Nightingales en tiempos de pandemia. Revista De Enfermagem Da UFPI, 9(1). Recuperado de http://periodicos.ufpi.br/index.php/reufpi/article/view/609

Edição

Seção

Editorial