Listening therapy as suicide prevention strategy: experience report

Autores

  • Márcia Astrês Fernandes, Gilmara Abreu Lima, Joyce Soares e Silva Universidade Federal do Piaui

Palavras-chave:

Saúde mental, Suicídio, Fatores de Risco, Fatores de Proteção

Resumo

DOI: https://doi.org/10.26694/2238-7234.7175-79

Objetivos: relatar a experiência vivenciada em relação à prevenção ao suicídio durante a escuta terapêutica junto ao paciente com comportamento suicida e discutir o papel do enfermeiro na relação de ajuda na prevenção do suicídio junto a pacientes com tal comportamento. Metodologia: trata-se de um estudo descritivo, do tipo relato de experiência desenvolvido no período de agosto a outubro de 2015, no Ambulatório de um Hospital Público Psiquiátrico. Resultados: foi possível observar durante as consultas de enfermagem, o conforto dos pacientes ao expor seus problemas em um ambiente livre de julgamentos e com uma pessoa disposta a ouvir e ajudar. Assim, a prática vivenciada durante as consultas de enfermagem proporcionou comprovar que a relação terapêutica, o acolhimento e a escuta qualificada são ferramentas eficazes e fundamentalmente importantes na prevenção do suicídio. Conclusão: concluiu-se que por meio da escuta qualificada é possível estabelecer o relacionamento terapêutico com o paciente, tornando possível a identificação dos fatores de risco e de proteção, bem como acolher, auxiliar e orientar no tratamento.

Downloads

Publicado

2020-11-21

Como Citar

1.
Márcia Astrês Fernandes, Gilmara Abreu Lima, Joyce Soares e Silva. Listening therapy as suicide prevention strategy: experience report . Rev Enferm UFPI [Internet]. 21º de novembro de 2020 [citado 27º de maio de 2024];7(1). Disponível em: http://periodicos.ufpi.br/index.php/reufpi/article/view/491

Edição

Seção

Relato de Experiência