Prevalence of alcohol dependence in psychoactive substances users

Autores

  • Carin Vieira Weiss, Michele Mandagará de Oliveira, Guilherme Emanuel Weiss Pinheiro, Karine Langmantel Silveira, Poliana Farias Alves, Luciane Prado Kantorski Associação Beneficente Pella Bethânia –Taquari -RS

Palavras-chave:

Abuso de álcool, Transtornos relacionados ao uso de álcool, Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias, Usuários de drogas

Resumo

DOI: https://doi.org/10.26694/2238-7234.7120-25

Objetivo: analisar a prevalência da dependência de álcool em usuários de substâncias psicoativas do município de Pelotas-Rio Grande do Sul. Metodologia: pesquisa transversal, exploratória de abordagem quantitativa, recorte da pesquisa intitulada “Perfil dos Usuários de Crack e Padrões de Uso”. A coleta de dados foi realizada entre outubro de 2011 e outubro de 2012, durante o trabalho de campo da equipe de Estratégia de Redução de Danos e no Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas no município de Pelotas. Resultados: Nos dados encontrados foi possível observar semelhança entre a prevalência segundo avaliação da dependência do álcool entre o grupo dos homens e o das mulheres, 33,4% e 31,7%, respectivamente. A idade apresentou significância estatística, sendo o grupo etário entre 30 e 49 anos, o grupo com maior prevalência (33,1%). Se observou um nível alto de dependência de álcool em 32,2% da população estudada, assim, é possível verificar que mais de um terço da população estudada faz uso frequente de álcool. Conclusão: A partir dos dados obtidos com a realização deste estudo, espera-se que seja possível contribuir para o desenvolvimento de políticas e do cuidado com os usuários de substâncias psicoativas.

Downloads

Publicado

2020-11-21

Como Citar

1.
Carin Vieira Weiss, Michele Mandagará de Oliveira, Guilherme Emanuel Weiss Pinheiro, Karine Langmantel Silveira, Poliana Farias Alves, Luciane Prado Kantorski. Prevalence of alcohol dependence in psychoactive substances users. Rev Enferm UFPI [Internet]. 21º de novembro de 2020 [citado 27º de maio de 2024];7(1). Disponível em: http://periodicos.ufpi.br/index.php/reufpi/article/view/482

Edição

Seção

Original