Anthropometric measurements follow up of children from women that used drugs during pregnancy

Autores

  • Michele Mandagrá de Oliveira, Paola de Oliveira Carmargo, Suélen Cardoso Leite Bica, Lieni Fredo Herreira, Andreza Erdmann Furtado Universidade Federal do Pelotas

Palavras-chave:

Cocaína crack, Desenvolvimento Infantil, Peso ao nascer, Puericultura, Acesso aos Serviços de Saúde

Resumo

DOI: https://doi.org/10.26694/2238-7234.7110-14

Objetivos: observar o acompanhamento das medidas antropométricas registradas na caderneta de saúde, no primeiro ano de vida, de crianças filhas de mulheres que utilizaram drogas na gestação. Metodologia: os dados foram coletados por um projeto de extensão, através do acompanhamento das famílias em visitas domiciliares e elaboração de diários de campo. Resultados: das seis crianças acompanhadas metade apresentou baixo peso ao nascer, três nasceram de parto normal e três foram alimentadas com leite materno, o índice de APGAR variou entre 7 e 9 no primeiro minuto e 9 e 10 no quinto. Conclusão: percebeu-se a importância da realização das consultas de puericultura e registros das medidas antropométricas, assim como o acompanhamento sistemático do crescimento e ganho de peso, para a detecção precoce da ocorrência de anormalidades no desenvolvimento dessas crianças. Deve-se atentar as necessidades de saúde das mulheres e crianças de forma ampla, visando um cuidado igualitário e integral.

Downloads

Publicado

2020-11-21

Como Citar

1.
Michele Mandagrá de Oliveira, Paola de Oliveira Carmargo, Suélen Cardoso Leite Bica, Lieni Fredo Herreira, Andreza Erdmann Furtado. Anthropometric measurements follow up of children from women that used drugs during pregnancy . Rev Enferm UFPI [Internet]. 21º de novembro de 2020 [citado 27º de maio de 2024];7(1). Disponível em: http://periodicos.ufpi.br/index.php/reufpi/article/view/480

Edição

Seção

Original